Como Tirar Visto Americano Rápido e Fácil – Quais as taxas?

O número de turistas brasileiros tem aumentado bastante. Veja o passo a passo para tirar o visto americano.

Os brasileiros têm viajado cada vez mais para o exterior: já são mais de 800 mil turistas por ano que foram aos consulados para tirar o visto americano. O Brasil é o responsável pelo maior número de viajantes que visita os EUA, seja por lazer, seja a negócios.

Uma vez que o valor desembolsado pelos turistas é relativamente alto: US$ 5.000 a cada viagem (terceira nacionalidade em despesas no país). Isto fez com que as autoridades americanas reforçassem os quadros nos consulados, mas tirar o visto americano ainda leva bastante tempo e é um processo bastante burocrático.

documentos para visto americano

Como Tirar Visto Americano Rápido e Fácil

Durante a recessão nos países desenvolvidos, os EUA decidiram facilitar a entrada de brasileiros, chineses e de outros países emergentes, como forma de injetar dinheiro na economia, bastante combalida nos últimos anos (atualmente, EUA e Europa vêm apresentando bons sinais de recuperação).

O visto americano ficou mais fácil. Dos 820 mil turistas que pediram permissão para entrar nos EUA entre outubro de 2010 e setembro de 2011, 791 mil foram bem-sucedidos – o que representa um aumento de 40% em relação ao ano anterior.

Em janeiro de 2012, o Departamento de Estado americano flexibilizou as regras para conceder o visto americano. Já no mês seguinte (fevereiro), quem pediu a permissão nos consulados de Brasília e do Rio de Janeiro teve a entrevista agendada em apenas de duas semanas. Em São Paulo, o prazo caiu para menos de 30 dias.

Mesmo assim, quem pretende viajar para os EUA deve iniciar o processo com ao menos três meses de antecedência.

tirar visto americano

Condições e taxas para tirar visto americano

Para tirar o visto americano, é preciso pagar uma taxa de US$ 160 (se você for um turista normal que deseja ir a lazer).

Trainees, executivos de multinacionais dos EUA que sejam transferidos para a sede das empresas, atletas, artistas, pessoas de notável saber científico e tecnológico e estudantes de programas de intercâmbio cultural pagam um pouco mais: US$ 190.

Para noivos e noivas de cidadãos americanos, o desembolso pesa ainda mais no bolso: US$ 240.

O primeiro passo para tirar o visto americano é acessar o site www.ceac.state.gov/genniv (em inglês) e preencher o formulário DS-160. É preciso ficar bem atento às informações prestadas, porque erros e inconsistências podem representar a reprovação na entrevista.

Com o número do cadastro DS-160 e o comprovante do recebimento da taxa, é preciso agendar uma entrevista através do site www.brazil.usvisa-info.com, informando inclusive o número do passaporte.

A “temida” entrevista do visto americano, como é?

Antes da entrevista, porém, é preciso dirigir-se a um CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto), implantados em Belo Horizonte, Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, para realização a identificação biométrica (fotografia e coleta de digitais). É preciso estar de posse do passaporte e da página de confirmação do formulário DS-160.

A última etapa é a entrevista nos consulados. São necessários os mesmos documentos. Menores de 15 anos e maiores de 66 anos estão dispensados, mas devem comparecer na missão diplomática com foto 5×7 recente e a página de confirmação do pedido de visto.

Quem ainda não tirou o passaporte deve ficar ainda mais atento. O site da Polícia Federal informa que o prazo para emissão do documento é de seis dias úteis (depois de preenchidos os formulários de solicitação e do pagamento da taxa). No entanto, eventuais greves e operações-padrão podem dilatar bastante este prazo, prejudicando ou impossibilitando a viagem.

Esse artigo foi feito com ajuda do site http://www.vistoamericano.org, agradecemos pois as informações foram bastante úteis para elaboração do nosso conteúdo. Esperamos que consiga com facilidade tirar o visto para os EUA e aproveite bastante a viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *