Como Tirar 2ª Via do CPF – Passo a Passo

Quem perdeu o CPF ou teve o documento furtado pode tirar a segunda via de uma forma rápida: confira.

O CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) é um banco de dados gerenciado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, órgão subordinado ao Ministério da Fazenda, que armazena informações dos contribuintes. Não se trata se um documento obrigatório; devem fazer a inscrição:

  • pessoas que participem da relação tributária principal ou acessória (tenham IR retido na fonte, por exemplo);
  • praticantes de operações imobiliárias;
  • titulares de contas correntes, de poupança ou de investimentos;
  • operadores do mercado financeiro ou de capitais;
  • proprietários de bens e direitos sujeitos a registro público (imóveis, veículos de qualquer espécie, instrumentos financeiros ou participações societárias).

A emissão da 1ª via do CPF é feita em entidades conveniadas. Nas agências dos Correios, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, os interessados precisam pagar uma taxa de R$ 7.

O serviço é gratuito nas representações diplomáticas brasileiras no exterior, no Ministério das Relações Exteriores, diretamente na Receita Federal e através da internet (apenas para os portadores do título de eleitor).

Como tirar segunda via do cpf

Segunda Via do CPF, como tira?

A 2ª via do CPF foi simplificada. Pessoas que tenham tido os documentos roubados têm uma dor de cabeça a menos na hora de solicitar novas identificações. A única exigência é a informação do nº do CPF, que continua idêntico, mesmo em casa de perda ou roubo.

O cartão do CPF não tem fé pública; portanto, o eventual ladrão não pode fazer qualquer uso dele, que só é válido quando apresentado concomitantemente com outro documento com foto e assinatura (como a identidade ou a CNH, a carta de motorista).

documentos necessários para tirar cpf

Os interessados em tirar a 2ª via do CPF precisam acessar o site da Receita Federal ou qualquer dos postos relacionados para a emissão da 1ª via.

Passo a Passo

O endereço eletrônico é www.receita.fazenda.gov.br e clicar na aba “Serviços para o cidadão”. Este é um site seguro: o internauta deve conferir se o endereço é antecedido pela sigla “https”.

A aba “CPF” fica no centro da página, ao lado das informações sobre CNPJ, orientações sobre o Rio 2016 e IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte). Ao clicar na aba, são apresentados diversos serviços, como inscrição na Receita Federal, regularização do CPF, comprovante da situação cadastral e, encimando a tela, “2ª Via CPF”.

Ao acessar este serviço, o interessado deve indicar se apresentou declaração de Renda nos últimos dois exercícios. Até o início de 2016, apenas os declarantes podiam solicitar a 2ª via do CPF via internet, serviço ampliado para todos os cadastrados.

Em seguida, é preciso preencher um formulário eletrônico com o nome completo, nº do CPF, nº do título do eleitor, data de nascimento e nome da mãe.

O sistema pede a digitação de um código de verificação e, logo depois, abre-se uma tela com o comprovante de solicitação da 2ª via do CPF, que pode ser impresso e utilizado em transações financeiras e fiscais. A Receita Federal emite o cartão azul apenas na primeira solicitação do documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *